O inicio da nossa actividade na indústria da cal tem algumas décadas, remontando aos princípios do século passado. Foi numa localidade próxima de nós, que José Baptista, avô dos principais sócios, experimentou a cozedura artesanal do calcário transformando-o assim em cal. Iniciava-se assim uma longa tradição de actividade empresarial ligada á indústria da cal.

Depois foi em Viegas, em 1947 que no seguimento dos ensinamentos de seu pai, que Manuel Baptista deu continuidade ao mesmo tipo de actividade. Mais tarde, aparecem Manuel da Piedade Batista e António Manuel da Piedade Baptista, percursores de seu pai, que vêm assumir a liderança da actividade da família, pois desde crianças que lidam com a cal, tendo formado em 1982 a Manuel da Piedade Baptista & Irmão, Lda.

Os novos sócios imprimem uma nova e forte dinâmica á sociedade que regista anos de franco desenvolvimento, sendo o aspecto mais relevante as importantes alterações tecnológicas introduzidas no processo produtivo, fruto dos ensinamentos e também dos conhecimentos adquiridos pela família ao longo de décadas, quer em termos nacionais, quer internacionais, centralizando a sua estratégia na constante procura do desenvolvimento e da melhoria da qualidade. Em 1994, é adquirida a empresa Calcidrata – Sociedade Industrial de Calcário, Lda, dando-se assim corpo a uma estratégia de crescimento e desenvolvimento sustentados.

Em consequência é iniciado um projecto de modernização das instalações existentes e de incremento da capacidade produtiva, com a instalação de um forno vertical contínuo, de um equipamento de hidratação e de uma linha de ensaque e paletização completamente automatizada. Também, nesta altura foi iniciada a extracção e comercialização dos blocos de rocha ornamental.

Em 1996 é instalado o segundo forno e são iniciadas as primeiras pesquisas para o estudo das formulações das argamassas prontas.

1997 é o ano em que aparece o mais novo membro deste conjunto de empresas,a Transicálcio – Transportes e Comércio, Lda, que tem a missão de apoio logístico ás duas primeiras empresas, tanto no escoamento das produções, como nos abastecimentos de que ambas dependem.

Em 1998, por forma a abrir o capital aos membros mais jovens da família, dando-se assim continuidade da família na indústria da cal, bem como para tornar a sua gestão mais aberta e transparente e eventualmente preparar a empresa para a entrada de algum parceiro estratégico, a sociedade por quotas foi transformada em sociedade anónima (Calcidrata - Indústrias de Cal, S.A.).

No ano 2000, é iniciado o processo de certificação da empresa pela Norma NP EN ISO 9001:2000, que culmina no final de 2002 com a auditoria de certificação e atribuição do respectivo certificado. A Calcidrata torna-se na primeira empresa nacional a operar neste sector a obter tal distinção.

Em meados de 2006, a Calcidrata inicia um novo ciclo de investimentos no âmbito da sua estratégia de expansão da actividade de produção de cal e complementarmente de alguns produtos directamente derivados da cal, com vista ao aumento do posicionamento em mercados internacionais e também como instrumento de combate ao volume de importações para o mercado nacional.

A par destes investimentos inicia-se, o processo de Certificação Ambiental de acordo com a norma NP EN ISO 14001:2000, bem como, e de acordo com a legislação em vigor, a Marcação CE dos produtos para a construção civil, que foi concluído com êxito. Ainda na área regulamentar há destacar a inscrição da empresa no REACH (Registration, Evaluation, Authorisation and Restriction of Chemicals) – regulamento relativo ao Registo, Avaliação, Autorização e Restrição de substâncias químicas.No final de 2008, a empresa tem em curso o lançamento de diversos produtos derivados da cal, tendo em perspectiva sempre a obtenção de valor acrescentado.

No final de 2008, a empresa tem em curso o lançamento de diversos produtos derivados da cal, tendo em perspectiva sempre a obtenção de valor acrescentado.